Próxima Estação

Próxima Estação_Susana Ramos
O trem finalmente parou
Onde nem imaginávamos

a estação das pequenas flores

Nossa saudade ainda espera o embarque na plataforma
como todo dia
para uma viagem por sombras e curvas

que nunca sai do lugar

Uma viagem que a luz branca de hoje desvia
descarrila
e conduz a paisagens íntimas iluminadas
destinos nossos velhos desconhecidos
aonde sozinhos

jamais saberíamos chegar

 A estação das pequenas flores
conta uma história antiga
que nós recitamos de cór
todas as nossas lágrimas e risos
tijolo por tijolo
onde nossos olhos marejados pousam hoje
finalmente
ao desembarcar
Anúncios

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s