O mar…


O mar
É volume brutal de água mansa.
Meu coração descansa
Como a água brutal do mar.

Amar
É carregar a água entre as mãos.
Minhas mãos
Sempre deixam a água escorregar.

Alguma coisa
Viaja espalhada
Esbarra na praia
Se larga
E cai.